01/03/2011

Fazendo amor

Era uma tarde maravilhosa como deveria ser, um encontro, que nos remete a um passado desconhecido ao nosso ser mais intimo percebe, porque nesses assuntos o coração tem vida própria, é apenas energia, ele sabe, chamam de intuição feminina, despertando-nos a capacidade de sentir, acordando a certeza, me lembro com alegria da brisa no entardecer e o sol irradiando amarelos e vermelhos, fecho os olhos, e relembro, que apenas as mãos se tocaram e foi como um choque elétrico, mais suave e duradouro, havia um silêncio interno e profundo e também ao fundo uma velha canção de amor, ainda lembro que senti suas pernas tremeram no primeiro abraço, você me disse que era uma sensação de vertigem, sua face enrubesceu, e seu coração acelerou batendo acelerado e chegando no ritmo do meu, Uma sensação tomou conta dos nossos corpos magneticamente atraidos nos ligando pela batida do coração, querendo sair pela boca. Adentrando uma emoção pelas nossas epidermes e chegando por dentro da pele, queriamos somente a segurança dos nossos braços, e o tempo parado, o calor dos nossos corpos calando as palavras, ascendendo seu olhar, os olhares se encontraram, uma lagrima descendo, demonstrando sua imensa capacidade de amar; Estávamos nos desvelando em sorrisos olhares e toques, sem pressa, com a calma das estrelas, cada abraço era um retorno a nosso ninho, sua íris me contava dilatando, delatando sua vontade de ser minha. Minha voz dizendo o quanto eu te quero em sussurros, sentindo sua pele macia arrepiando-se em respostao aos meus toques, eu percebia cada respiração, minha boca acordava a sua vontade que me dizia:Me faz tua, me possui... Nessa pressa louca de tirar o que resta de nossas roupas e tudo que atrapalhasse, nosso contacto , minhas mãos, meu hálito quente em seu corpo, seus lábios eram meus, e eu me apropriando do seu corpo lindo e sedento, iluminado pela luz suave do entardecer e da força do meu querer, nossas procuras eram encontros, nos envolvendo em nosso momento, você deixando-se banhar no mar de carinhos e aconchegos, um momento único e especialmente seu, e nessa hora nada importa, somente caricias te navegando e abrindo cada poro, cada curva, a procura do nosso encaixe perfeito, dando-nos um prazer indescritível, porque estamos além do bem e do mal, acima do tempo, sem passado, o infinito do amor foi tocado. Era um fim de tarde e o inicio de nossa história tatuando pra sempre em nossos corações a lembrança. Nossos sentidos atentos e apurados, um latejar gostoso e inesperado crescendo e desabrochando quando meus lábios chegaram em suas nascentes que molharam-se, e todos seus aromas acordaram meus sentidos como um segredo de um primeiro desejo,...Revelando-se no estremecer do seu corpo orgasticamente coroando a beleza de amar. Não mais havia pudores nem julgamentos explorávamos nosso amor, somente existia o agora, sagrado e único momento, em que o tempo permite a felicidade. Nossos sentidos preenchiam o ambiente, nossos líquidos trocados, se fazendo necessário respirar pela boca, um no outro, pois todos segredos faziam sentidos, a beleza foi se deixar tocar e se entregar, meus lábios procurando a fonte do seu mel, o gosto da vida em minha boca de onde nasci e me fiz homem, o segredo sagrado da mulher, seus gemidos eram nossa trilha sonora, quando entrei em você d e v a g a r e a cada centímetro, você se abria para me receber como a manha se abre para o sol. Eu adentrava a vida ,e o sentido de estar vivo, a cada centímetro eu me sentia todo e inteiro, sentindo cada tremor do nosso orgasmo explodindo na sensação de completude do nosso amor, e a vida se tornou mais bela.



16/01/2011

O império da beleza

A beleza  se torna efêmera, como todo império um dia se esvai,
mas o brilho do olhar e a grandeza dos gestos reverberam para sempre,

11/01/2011

Escolhendo amar

Não escolhemos por quem nos apaixonamos, pois nosso coração é quem escolhe,mas escolhemos como transformar essa paixão em um grande amor, somos sempre responsáveis por nossos caminhos, por nossos gestos, pela maneira que tratamos a quem nos ama e a quem dedicamos nosso amor, por isso somos sempre autores e personagens de nossa própria história então que seja uma história de amor. A escrevemos com beijos, com carinhos, com compreensão e partilha, porque essas pequenas atenções diárias que tatuam não somente nossas lembranças, são elas que acabam adentrando a epiderme e tatuando pra sempre o amor no cosmos e em nossos corações....

E não é afinal o amor a unica coisa que conta nessa vida.


27/09/2010

Reflexos, espelhos e Luas

-
REFLEXOS
A lua na poça profunda
aprofunda minhas poças
nua pisavas eu e a lua

eu provava a minha nudez,
a sua e a da lua
me aprofundava na sua
toquei a lua por brevidade
minha e sua

sou dono da lua e dela nua
ilusões de estrela cadente
que aprofunda em mim
o desejo da moça, de poças, luas e
espelhos
na poça de lágrimas pra lua
restou a lua na poça

não pises na poça tampouco nessa lua
jazZiam estrelas

Wellington Felix

06/09/2010

O que o amor precisa?





FOTO DA PINTURA DE LAURA GRUBER -"NATUREZA DO AMOR"
A VENDA EM:
(http://www.bimago.pt/quadros/paisagem-2/arvore-1/natureza-do-amor.html)




O amor precisa espontaneidade,
dignidade, humanidade,
emoção, alimento e fome, arte...

O amor precisa de coragem,

O amor precisa reflexo,

O amor precisa de certeza,

O amor precisa de nos,
de dois, de 1000, de 1000000

O amor precisa de vontade

O amor é prisioneiro da posse

O amor precisa de raízes e asas,

O amor é liberdade

O amor precisa de intensidade

O amor precisa de paz

O amor na distancia é saudade

O amor é batalha mas não guerra

O amor é contrario do ódio

O amor não precisa de nada

O amor precisa do todo

O amor precisa nascer e renascer.

O amor é aqui e esta ali.

O amor esta em seu olhos

O amor precisa de amor....

O amor precisa do seu amor.

11/08/2010

Surpresas

(Nanda- surpreenda-me-super-prenda-me- surpresa-sou -sua - presa)

Surpreenda-me
com seu olhar .
Surpreenda-me com esse sorriso.
Surpreenda-me com a beleza da simplicidade.
Surpreendo-me enxergando-te  no escuro,
porque seu cheiro é o melhor perfume...
Surpreenda-me com a importancia de ser
Surpreenda-me toda manha, tardes e noites...
Surpreenda-me com essa felicidade...
(tocando a eternidade)
Surpreenda-me com seus carinhos.
Surpreenda-me com seus  abraços ternos.
Surpreendo-te,  meu braços seu ninho....
Surpreenda-me com o mar nessa sua paz.
Surpreenda-me com o entardecer ( de laranjas e vermelhos)
Surpreenda-me com seu calor (de vermelhos, rosas e carmins)
Surpreenda-me por existir!
E por fim surpreenda-se com nosso amor.

video

12/07/2010

Morrer é pouco



estive atento,



e sou pássaro,


sou flor um todo.



me perdi, desconectei,


morrer é pouco,


pior é não lembrar da vida...

28/05/2010

Uma palavra - dedicado a Fernanda Varela - W.Felix


Eu quero uma unica palavra,
que como agua morna a envolvesse,
fosse ela um refluir de emoções ternas,
como o primeiro banho.

Uma palavra suave,
como a lagrima de alegria ao ver te .
orvalho da minha emoção...

Uma unica palavra
Que como a cachoeira 
preenchesse de carinho
todos os espaços vazios

Se derramando forte e consistente,
como um silêncio profundo

Uma palavra simples,
límpida, ao mesmo tempo incisiva
como um maremoto, 
um diluvio de letras e canções
 que inundasse 
o mundo de vida e paixão 

Uma palavra definitiva,
que matasse por um momento,
essa nossa sede inconsolável de amar....

24/04/2010

Paixão

Sou o mar do teu olhar,
sou mi , sou fa, seu fã, seu sol
sou eu em seus braços,
já não sendo,
voando sem sair do chão,
sou a musica no ar...
complexo e simples,
como seu beijo.
Ja não sou meu ,
sou seu, fudeu!
tele-transportei-me,
me adiciona,
no seu coração,
ou me esquece
devagar...
pois ja não estou,
ja não sou,
me particionei,
me pulverizei,
me tira de fora,
me poem pra dentro,
me tira das letras,
me tira de letra,
não quero ser só palavra,
me deixa ficar dentro,
bem dentro,
me faz inteiro só asas,
encaixa, aiiiiiii,
me acha ...me acha!
pois o mundo ja me perdeu,
quando seu olho,
me encontrou,
rebola, faminta, não minta
ja  não sou meu, quero prisão
da paixão,  se explode,
me implode, sofrer é  parte
quero viver, mi, si arde.
Me prende nos seu braços,
me acha, me amassa, me ama,
me encaixo,
seu macho,
um cacho de uva,
niagara no chão,
do seu quintal,
que tal!
me sente,
presente
me tente
se sente
senta
aqui
eu mexo
remexo
adentro seu fosso
meu fosso
meu osso
me perco
me acho
sou tudo
sou teu
ateu
sou teu
a -Deus

23/04/2010

Lembranças do dia cinza (Inspirado por Thmemo)



Fonte: olhares.com

Puxa é dia ou noite?
ja sei é cinza.
sei que é osso!
é um esboço?
é ponto de vista ou final,
afinal são tão belas as lembranças,
nada morre de vida nem Severina.
somente internos fossos,
tira a culpas bota sonho
cisão de dor com frio.
é arrepio.
o caminho é a concisão
o resto passa, doí mas passa
sutil mente fica saudades..
.